Ops, detectamos que seu navegador está com o Javascript desabilitado!
Informamos que nosso website possui recursos que utilizam a tecnologia javascript para que você tenha uma ótima experiência e navegação.

Por favor, ative seu javascript antes de continuar sua navegação.

Site da UniversidadeUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS

Mapa do Site

CEDAE Alexandre Eulalio

  1. ALEXANDRE EULALIO
    18 jun. 1932 - 2 jun. 1988

    Antes de seu falecimento em 1988, Alexandre Eulalio Pimenta da Cunha já havia confiado seus documentos ao CEDAE, além de manifestar, em carta, o desejo de doá-los definitivamente à Universidade, o que foi cumprido por seu irmão no mesmo ano.

    Os documentos de seu fundo abrangem o período entre 1837 - 1988, sendo constituídos por 2.392 manuscritos/datiloscritos, 2.483 impressos, 704 fotografias, 467 diapositivos, 218 negativos, 353 cartões-postais, 91 desenhos, 25 gravuras, 10 pinturas e 2 objetos.

    O fundo é constituído por originais manuscritos e datilografados do titular e de terceiros, documentos de ordem pessoal e familiar, entre os quais se destaca um amplo conjunto de fotografias do titular, de familiares e amigos, assim como a documentação produzida no âmbito de suas atividades profissionais, acadêmicas e culturais junto à Unicamp, à Secretaria de Cultura de São Paulo e ao Projeto França Brasil. Consta ainda um conjunto de documentos relativos à família imperial brasileira, além de um grande número de catálogos de exposições de artes e de leilões, calendários e slides com reproduções artísticas, assim como, desenhos, gravuras e pinturas de autoria de terceiros.

  2. BRITO BROCA
    6 out. 1903 - 20 ago. 1961

    Os documentos que integram a coleção Brito Broca foram reunidos por Alexandre Eulalio, sendo resultante de seu projeto de edição das "Obras reunidas de Brito Broca". Depositada no CEDAE em 1985, a coleção foi oficialmente doada em 1988 pelo irmão de Alexandre Eulalio, Fernando César Pimenta da Cunha.

    Composta majoritariamente por textos escritos por Brito Broca, manuscritos e impressos, também integram a coleção, as anotações de Alexandre Eulalio realizadas durante o desenvolvimento de seu projeto de pesquisa, além de textos sobre a vida e a obra de Broca.

  3. OSWALD DE ANDRADE
    11 jan. 1890 - 22 out. 1954

    Adquirida por meio de duas compras, em 1985 e 1999, a documentação que integra o fundo documental de Oswald de Andrade abrange o período entre 1792 - 1955, sendo constituída por 1571 manuscritos/datiloscritos, 1400 impressos, 153 fotografias e 1 desenho.

    A documentação é resultante das atividades desempenhadas por Oswald de Andrade ao longo de sua vida, sobretudo suas atividades como escritor e ativista político e cultural, assim como aquelas geradas no âmbito de sua vida privada. Destacam-se os originais manuscritos e datiloscritos abarcando a produção intelectual do titular e de terceiros, fotografias, correspondência, cadernetas de anotações e impressos.

  4. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE LINGUÍSTICA - ABRALIN
    .

    Doada em 1985, por intermédio de professores do Departamento de Linguística do IEL, a documentação que integra o fundo ABRALIN abrange o período entre 1955 - 2008, sendo constituída por 14.310 manuscritos/datiloscritos, 178 impressos, 78 arquivos eletrônicos, 7 cartazes, 1 mapa e 3 objetos.

    O fundo é composto de uma vasta documentação administrativa e financeira, de documentos relacionados aos eventos científicos promovidos pela ABRALIN como: os Institutos Brasileiros de Linguística e os Congressos Nacionais e Internacionais. Constam também materiais relativos à participação da ABRALIN em Encontros Anuais da SBPC.

    As cartas enviadas e recebidas, ao lado das solicitações de auxílio às instituições de fomento, representam o maior volume documental do fundo. Também podem ser encontrados cartazes, questionários de avaliação de cursos, textos de trabalhos apresentados em Encontros, publicações periódicas produzidas e/ou recebidas pela Associação.

  5. ATALIBA TEIXEIRA DE CASTILHO
    1 de abril de 1937 -

    Doada ao CEDAE em sucessivas remessas a partir de 1985, a documentação que integra o fundo da Ataliba Teixeira de Castilho abrange o período entre 1962 - 2013, sendo constituída por 544 manuscritos/datiloscritos e 45 impressos.

    O fundo contém documentos pessoais, anotações, fichamentos, versão da tese de doutorado do titular, além de um conjunto de artigos de sua autoria. Há documentos administrativos de quando foi coordenador da CESESP e da CAPES, tais como atas, relatórios, projetos, portarias, decretos, ofícios, pareceres, assim como, material relativo aos programas de pós-graduação. Constam ainda documentos sobre o processo de implantação de cursos de especialização no IEL/Unicamp. Destaca-se o conjunto de cartas trocadas com linguistas (Roman Jakobson, Theodoro Henrique Maurer Jr., Joaquim Mattoso Câmara Jr., Robert Henri Aubreton, Zdene Hampl...). Nas remessas de documentos mais recentes é possível encontrar material referente a eventos da área de Linguística, como: Congressos da ABRALIN, Seminários do GEL, Encontros da ALFAL e outros.

    Parte deste fundo foi doada ao AC/SIARQH da UNICAMP, sendo, portanto, complementar à documentação custodiada pelo CEDAE/Unicamp.

  6. CÓDICES ALCOBACENSES
    .

    Doada pela Fundação Calouste Gulbenkian ao CEDAE, a coleção Códices Alcobacenses é formada por cópias de parte dos documentos do fundo Códices de Alcobaça, preservados pela Biblioteca Nacional de Lisboa. O Fundo Alcobacense reúne códices elaborados por monges cistercienses do Mosteiro de Santa Maria de Alcobaça, Portugal, um dos principais centros da formação da historiografia portuguesa, desde a sua fundação, no século XII, até o período de restauração do reino português, no século XVII.

  7. ALFREDO MARGARIDO
    5 fev. 1928 - 17 out. 2010

    Doada em 1985 por seu autor, as obras que compõem esta coleção somam 33 aquarelas inspiradas na obra do poeta português Fernando Pessoa.

    Em 1988 a editora da Unicamp publicou o conjunto dessas aquarelas no livro "33+9 Leituras Plásticas de Fernando Pessoa" e em 2007 em "Obra Plástica de Alfredo Margarido".

  8. PROJETO DE ESTUDO DO VOCABULÁRIO DISPONÍVEL DOS ALUNOS DE 1º GRAU
    .

    Incorporada ao acervo do Cedae em 1985 através de doação da Profa. Dra. Célia Morais de Castilho, a documentação que integra a coleção Projeto de Estudo do Vocabulário Disponível dos alunos de 1º Grau abrange o período entre 1975 - 1980, sendo constituída por 8 metros lineares de documentos.

    O material que compõe a coleção corresponde ao resultado da pesquisa lexical feita com um grupo de 763 alunos, sendo 24 deles de cada uma das últimas séries do lº Grau, entre 10 e 16 anos, que responderam a dois questionários: o primeiro relativo à identificação de nível sociocultural para classificação dos alunos e, o segundo, denominado "listas de frequência", elaborado com o propósito de induzir os alunos a registrarem as palavras de seu conhecimento em torno de determinados centros de interesse, constituindo os chamados "vocabulários específicos".

    Constam ainda relatórios de pesquisa, formulários de solicitação de recursos à FAPESP, correspondência e material administrativo relativo à execução do projeto.

  9. ARMANDO CAMPOS PEREIRA
    .

    Doada ao CEDAE em 1986, o material que integra o fundo documental de Armando Campos Pereira abrange o período entre 1912 - 1951, sendo constituído por 12 manuscritos/datiloscritos e 23 fotografias.

    O fundo é composto por cartas, diploma, fotografias, decretos de nomeação relativos às atividades e cargos públicos exercidos pelo titular como médico legista, jornalista e bibliotecário.

  10. MENOTTI DEL PICCHIA
    20 mar. 1892 - 23 ago. 1988

    Adquirida em 1986, a documentação que integra o fundo documental Menotti Del Picchia abrange o período entre 1918 e 1992, sendo constituída por 40 manuscritos/datiloscritos, 1292 impressos, 8 fotografias e 4 cartazes.

    A documentação é composta majoritariamente por artigos de jornais escritos pelo titular e por artigos sobre sua produção literária, premiações e homenagens . Inclui também documentos resultantes de sua atuação política, assim como cartas, fotos, cartões, manuscritos e material de propaganda eleitoral.

  11. GRUPO DE ESTUDOS LINGUÍSTICOS DO ESTADO DE SÃO PAULO
    .

    O fundo foi doado ao CEDAE através da intermediação de professores do Departamento de Linguística do IEL, em 1989. Todavia, ao longo dos anos o Centro recebeu novas parcelas de documentação em 1991, 1994 e em 2005.

    A documentação é resultante das atividades promovidas pelo GEL, sendo composta por atas, contratos de prestação de serviços, convocações, correspondência, currículos, declarações, estatutos, fichas de inscrição e listas de associados, fotos, moções de apoio e repúdio, relatórios científicos e financeiros, balancetes, livros contábeis anuais, recibos, notas fiscais, recortes de jornais, textos apresentados por seus associados em reuniões científicas, objetos tridimensionais, cartazes e publicações periódicas. O período abrangido pelo material vai de 1969 a 2006.

  12. PROJETO CECÍLIA MEIRELES
    .

    Parte da coleção de documentos reunida pelo Projeto Cecília Meireles foi doada ao CEDAE em 1989 e parte em 2006.

    Resultante do trabalho que a Profa. Dra. Ana Maria Domingues de Oliveira iniciou em 1982, ao ingressar no curso de mestrado em Teoria Literária, do Instituto de Estudos da Linguagem da Unicamp, e que prosseguiu ao longo de sua trajetória acadêmica, a documentação abrange o período compreendido entre os anos de 1919 e 1985, sendo composta por 635 manuscritos/datiloscritos (cópias), 25 livros e teses, 212 impressos (recortes de jornais e revistas), 286 cópias xerográficas.

    A coleção é constituída por documentos referentes à pesquisa desenvolvida pela doadora acerca da escritora Cecília Meireles, como: projetos, formulários, correspondência, ensaios e materiais recolhidos ao longo de sua pesquisa, como recortes de jornais e revistas, artigos de livros, verbetes de dicionários e enciclopédias, livros e teses, textos eletrônicos (impressos da internet) e outros.

  13. LÍNGUAS INDÍGENAS
    .

    Doada ao CEDAE pela Profa. Dra.Lucy Seki em janeiro de 1990, a coleção Línguas Indígenas é composta por 302 manuscritos/datiloscritos, 685 impressos e 1 fotografia, abrangendo o período entre 1909 - 2005, com predominância do período entre 1960 - 1980.

    O material que forma essa coleção é composto, por artigos científicos, gramáticas, vocabulários e estudos linguísticos, resultantes de pesquisas e trabalhos de campo em comunidades indígenas brasileiras, latino-americanas e africanas e é organizado em dossiês cujo título se refere às línguas pesquisadas.

  14. PROJETO DE AQUISIÇÃO DA LINGUAGEM ORAL
    .

    Doada pela Profa. Dra. Cláudia T. Guimarães de Lemos, coordenadora do Projeto, em 1990, a documentação que integra a coleção Projeto de Aquisição da Linguagem Oral abrange o período entre 1970 - 1988, sendo constituída por 253 fitas de rolo e suas respectivas transcrições.

    A coleção é composta por gravações de áudio e de videoteipe realizadas com doze crianças, classe média, filhas de pais universitários, com faixa etária entre 0 e 5 anos de idade, em seu contexto natural. As gravações registram o processo de aquisição da linguagem oral por crianças.

  15. FRANCISCO FOOT HARDMAN
    23 fev. 1952 -

    Doada ao CEDAE em 1990, a documentação que integra o fundo Francisco Foot Hardman possui 10 metros lineares e abrange o período entre 1843 - 1989.

    Resultante das atividades desempenhadas por Francisco Foot Hardman, o material é composto por reproduções de livros, capítulos de livros, artigos em revistas e jornais, relatórios, anuários, almanaques e anais, abarcando, sobretudo temas relativos à formação econômica e industrial do Brasil, movimentos da classe trabalhadora e história do norte e nordeste brasileiro.

    Constam, ainda, recortes de jornais, revistas, trabalhos acadêmicos de terceiros, cartas, cartões-postais, anotações de leituras, fichas com levantamento bibliográfico e versões manuscritas de trabalhos acadêmicos de autoria do titular.

  16. MEMÓRIA DE LEITURA
    .

    Doada pelas Profas. Dra. Marisa Lajolo e Márcia Abreu em duas remessas, em 1990 e 2015, a coleção abrange o período entre 1860 e 1998, sendo constituída por aproximadamente 4 metros lineares de documentação.

    A documentação foi gerada no âmbito do projeto Memória de Leitura desenvolvido junto ao Instituto de Estudos da Linguagem da Unicamp, que teve como objetivo o resgate, a construção e o registro de uma história da leitura enquanto prática social, do livro brasileiro e do português (ao lado de outros materiais impressos) enquanto materialidades em torno às quais tal prática se construiu e se desenvolveu no Brasil.

  17. ABÍLIO PEREIRA DE ALMEIDA
    26 fev. 1906 - 11 maio 1977

    Doada ao CEDAE em 1990, a documentação que integra o fundo Abílio Pereira de Almeida abrange o período entre 1875 - 1977, sendo constituída por 2.946 manuscritos/datiloscritos, 726 impressos, 1.235 fotografias, 31 cartões-postais, 5 cartazes, 1 mapa e 7 plantas e 1 fita cassete.

    A documentação é resultante das atividades desempenhadas por Abílio Pereira de Almeida ao longo de sua vida, especialmente de suas atividades como ator, autor, diretor e produtor de teatro, cinema e televisão. Inclui ainda, documentação resultante de suas atividades como empresário, advogado, escritor e aquelas geradas no âmbito de sua vida privada. Destacam-se os originais de peças teatrais de sua autoria, adaptações e roteiros cinematográficos, uma vasta correspondência e fotografias, especialmente ligadas ao teatro e ao cinema, bem como sobre a sua atuação como militar da aviação do Exército Brasileiro e sua participação nas Revoluções Paulistas de 1930 e 1932.

  18. ASSOCIAÇÃO DE LINGUÍSTICA E FILOLOGIA DA AMÉRICA LATINA
    .

    Em 1990 a Unicamp sediou o IX Congresso da ALFAL, quando se decidiu pela doação da documentação até então produzida ao CEDAE, por sugestão de seu Secretário Geral, o Prof. Ataliba Teixeira Castilho.

    Deste modo, 4 metros lineares de documentos textuais, 92 fotografias e 3 negativos fotográficos, compreendidos no período entre 1987 - 1990, foram incorporados ao acervo do CEDAE.

    Este material é composto por documentação administrativa e financeira da Associação, como cartas circulares, relatórios e balancetes, documentos fiscais e outros. Contém ainda, documentação referente aos associados, como: cartas, fichas e currículos, relatórios científicos, balancetes, atas, recibos e textos apresentados em reuniões científicas.

    Inclui também boletins, objetos tridimensionais, documentos eletrônicos, cartazes e periódicos.

  19. PROJETO INTEGRADO EM NEUROLINGUÍSTICA
    .

    Incorporada ao acervo através de doação da Profa. Dra. Maria Irma Hadler Coudry em sucessivas remessas a partir de 1990, a documentação que integra a coleção Projeto Integrado em Neurolinguística abrange o período entre 1984 e 1993, sendo constituída por 317 fitas de áudio (cassete).

    A documentação é composta por gravações em áudio de pacientes afásicos, em grupos ou individualmente, em atividade dialógica, discursiva e de dramatização.

  20. PROJETO ANÁLISE DO DISCURSO INDÍGENA
    .

    Incorporada ao Cedae em 26 de outubro de 1990 através de doação da Profa. Dra. Eni Pulcineli Orlandi, a documentação que integra a coleção Projeto Análise do Discurso Indígena abrange o período entre 1878 - 1988, sendo constituída por 112 manuscritos/datiloscritos, 46 documentos impressos e 12 fitas cassetes.

    A documentação é composta por documentos em língua portuguesa e na língua indígena contendo discursos, depoimentos e entrevistas com e sobre o povo indígena geralmente explicitando os problemas enfrentados pelas comunidades indígenas (língua, terra, adaptação ao mundo civilizado), Inclui ainda registros em áudio de músicas e cantos em diversas línguas indígenas e registros provenientes de encontros nacionais de povos indígenas.

  21. MÉTODO DE ENSINO DE LÍNGUAS
    .

    Doada ao Cedae em duas remessas, sendo a primeira em 11 de junho de 1991 e a segunda em 22 de setembro de 1993, a coleção Método de Ensino de Línguas é composta por 84 livros, 34 fitas de rolo e 5 fitas cassete e abrange o período entre 1962 - 1983.

    A coleção é constituída por métodos de ensino de línguas estrangeiras (inglês, francês e alemão) utilizados na década de 70. O material é composto por livros do professor, livros do estudante e fitas cassete e de rolo.

  22. LITERATURA DE CORDEL
    .

    Inicialmente incorporada ao Cedae em 16 de junho de 1991 através de doação do Prof. Dr. Ataliba Teixeira de Castilho, a coleção Literatura de Cordel foi ampliada e enriquecida por doações diversas que foram pouco a pouco sendo incorporadas à coleção original, merecendo destaque o conjunto doado pelo artista plástico Jacob Rissin em dezembro 2005.

    Composta por aproximadamente 5000 documentos abrangendo o período entre 1935 e 2013, a coleção representa uma mostra significativa de folhetos de cordel de autores diversos, o que permite o estudo dos temas, histórias típicas e do vocabulário utilizado na composição das personalidades dos heróis da literatura popular impressa. Os exemplares abordam diversos temas e aspectos encontrados no mundo do cordel, como contos maravilhosos, histórias de animais, anti-heróis, figuras populares e políticos, além da dificuldade ("peleja") da vida diária.

  23. PROJETO DE ESTUDO DA NORMA LINGUÍSTICA URBANA CULTA DO BRASIL
    .

    O fundo foi doado ao CEDAE pelo Prof. Dr. Ataliba Teixeira Castilho em 1991 e a documentação que o compõem conta com 737 manuscritos/datiloscritos, 82 impressos, 05 fotografias e 486 fitas de áudio (rolo e cassete) produzidos no período entre os anos de 1969 e 1990.

    Mais conhecido como NURC, o projeto de estudo da norma linguística urbana culta do Brasil surgiu da necessidade de documentar e descrever a norma objetiva do português culto falado no Brasil. O projeto tomou como base a gravação da fala urbana, com vista à descrição de seus aspectos fonéticos e fonológicos, gramaticais e léxicos.

    O corpus de entrevistas foi registrado em cinco capitais brasileiras (São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Salvador e Recife), sendo que a parcela relativa à cidade São Paulo é constituída por 403 entrevistas envolvendo 511 informantes, num total de 344 horas.

    Além do corpus sonoro, há documentos administrativos que resultaram das comunicações entre os coordenadores do projeto e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de S. Paulo, FAPESP.

  24. PROJETO "DISCURSO: SIGNIFICAÇÃO BRASILIDADE"
    .

    Incorporada ao Cedae em 14 de janeiro de 1992 através de doação da Profa. Dra. Eni Pulcineli Orlandi, a documentação que integra a coleção Projeto "Discurso: Significação Brasilidade" abrange o período entre 1612 - 1991, com predominância do período entre 1880 - 1991.e é constituída por 108 manuscritos/datiloscritos (5 microfilmes e xerox), 12 impressos (xerox) e 12 fitas de áudio (rolo e cassete).

    A coleção reúne a documentação adquirida pelo projeto e relacionada a diversos períodos da história brasileira e se configura como um conjunto de textos relativos a processos discursivos relevantes na configuração da "identidade" nacional em seus aspectos religioso, político, jurídico e linguístico.

  25. PROJETO CAFUNDÓ
    .

    Doada pelo Prof. Dr. Carlos Vogt em dois momentos, 20 fev. 1992 (1ª remessa) e 14 out. 2013 (2ª remessa), a documentação que integra a coleção do Projeto Cafundó abrange o período entre 1866 - 2013, sendo constituída por 238 documentos textuais, 537 fotografias, 92 fitas de áudio e 23 documentos audiovisuais.

    A coleção é composta por relatórios, plano de pesquisa, cópias de documentos obtidos em cartórios, artigos acadêmicos sobre a comunidade do Cafundó e outras comunidades negras, cartas, gravações de áudio realizadas no Cafundó e em Patrocínio, Alto Paraíba, MG, e em outras localidades e transcrições dos áudios; além de material sobre língua, cultura e história de comunidades africanas no Brasil e em outros países.

  26. FIGURINOS DO TBC
    .

    Doada ao CEDAE em agosto de 1992 pelo Prof. Dr. Jorge Coli, a documentação que integra a coleção Figurinos do TBC é composta por 19 desenhos de figurinos que serviram para confecção de trajes de peças teatrais apresentadas pelo Teatro Brasileiro de Comédia e 1 aquarela para o filme "Sinhá Moça" produzido pela Vera Cruz. O período compreendido pelo material é de 1949 - 1954.

  27. FLÁVIO DE CARVALHO
    10 ago. 1899 - 4 jun. 1973

    Adquirida por meio de duas compras, em 1992 e em 2009, a documentação que integra o fundo Flávio de Carvalho está compreendida no período entre os anos de 1871 - 1969, sendo composta por 18 manuscritos/datiloscritos, 1.378 impressos, 98 desenhos, 29 fotografias, 37 diapositivos, 2 cartões-postais, 4 pôsteres e 4 objetos, além de 3,94 metros lineares de documentos que ainda não foram processados.

    A documentação é resultante das atividades desempenhadas por Flávio de Carvalho ao longo de sua vida, especialmente de suas atividades como escritor, arquiteto, cenógrafo, designer e inclui originais de textos manuscritos, de desenhos e de livros do titular, além de fotografias, recortes de jornais, catálogos, periódicos, fitas em VHS, películas 16 mm e objetos pessoais, entre outros documentos.

  28. BIBLIOTECA DRAMÁTICA POPULAR
    .

    Doada em 1992 ao CEDAE, os documentos que integram a coleção Biblioteca Dramática Popular foram localizados pelo Prof. Dr. Francisco Foot Hardman durante sua pesquisa sobre cultura operária e movimento anarquista em São Paulo. O período relativo aos 77 impressos vai de 1922 a 1948.

    Trata-se de um conjunto de textos teatrais, publicados em formato de brochura e datados da primeira metade do século XX. A coleção foi editada pela antiga Livraria Teixeira de São Paulo e inclui autores nacionais, portugueses e traduzidos. Sua publicação à época representou um importante impulso à dramaturgia brasileira e sua preservação, hoje, constitui um testemunho do caráter popular do teatro brasileiro do período.

  29. FERNANDO LUÍS TARALLO
    22 abr. 1951 - 07 abr. 1992

    Em 1993, a Profa. Dra. Mary Kato, docente do Departamento de Linguística do IEL doou ao CEDAE a documentação de seu colega, Fernando Luís Tarallo. O volume da documentação é de 0,45 metros e contém documentos textuais e fonográficos que abarcam o período que vai de meados do século XIII a 1989.

    O fundo é composto por material coletado pelo titular ao longo de sua pesquisa sobre o Português Histórico, e contém cópias de correspondência, processos-crimes, diários de viagem, documentos náuticos e decretos, incluindo também documentação administrativa e de pesquisa referente ao Grupo de Sintaxe do Projeto de Gramática do Português Falado, além de correspondência e relatórios acadêmicos. Consta, ainda, o corpus linguístico do projeto “Produtividade e/ou Criatividade: Um estudo da linguagem cotidiana da zona rural em situação de contato”, com dois volumes de entrevistas transcritas, material fonográfico com as entrevistas e o livro publicado com o resultado da pesquisa.

  30. ADA NATAL RODRIGUES
    19 fev. 1930 - 10 out. 1991

    Doada em 1993, a documentação que integra o fundo Ada Natal Rodrigues possui 2 metros lineares e abarca o período entre 1953 - 1992.

    O fundo é composto, principalmente, por manuscritos que serviram de base para a elaboração de cursos de atualização de professores de língua portuguesa, para a preparação de material didático e projetos de ensino de língua portuguesa, literatura e redação para 1º e 2º grau; além de programas, questionários, avaliações, relatórios, apostilas e textos de apoio relacionados a eles. Constam também, cartas, recortes de jornais, livros didáticos de autoria da titular, revistas, fichamentos e anotações de leitura, cadernos de estudos, fotografias de famílias e cenas do cotidiano na zona rural, textos de comunicação em encontros acadêmicos e material relacionado ao programa para televisão Telecurso 2º grau.

  31. PROGRAMA CERTAS PALAVRAS
    .

    Doado ao Cedae por Jorge Marques de Vasconcellos e Claudiney José Ferreira em maio de 1993 , e em mais duas remessas realizadas em março de 1995 e em julho de 1999, o fundo Programa Certas Palavras abrange o período entre 1981 - 1996, sendo constituído por 826 manuscritos/datiloscritos, 82 documentos impressos, 70 fotografias, 3 cartazes, 7 fitas de vídeo, 792 fitas de áudio (rolo e cassete), 2 CDs e 3 objetos.

    O fundo é composto pelos documentos fonográficos contendo a gravação do programa Certas Palavras constituído de entrevistas com escritores, incorporando as mais diversas modalidades, ficcionais ou não, da palavra, mercado editorial, futebol, tradução, música, história, política, medicina, jornalismo, economia, direito, artes visuais, teatro, rádio no Brasil, cultura brasileira, educação, cinema. Inclui ainda, documentação relativa à história do programa (correspondências, fotografias, documentação financeira, recortes de jornais, vídeos, roteiros, projetos etc.).

  32. ISAAC NICOLAU SALUM
    24 mar. 1913 - 3 maio 1993

    O fundo Isaac Nicolau Salum foi adquirido através de doação de seus filhos, em 11 de agosto de 1993. Com 9,7 metros lineares, a documentação abrange o período compreendido entre 1925 e 1992.

    A documentação é resultante das atividades desempenhadas pelo titular ao longo de sua vida, especialmente de suas atividades docente e administrativa na Universidade de São Paulo. Inclui ainda documentação resultante de sua atuação religiosa na Associação Cristã de Acadêmicos, Sociedade Publicadora da Revista Cristianismo e Igreja Cristã de São Paulo, assim como documentação gerada no âmbito de sua vida privada. Destacam-se também, a documentação gerada pela sua participação como membro fundador do Grupo de Estudos Linguísticos do Estado de São Paulo ( GEL ).

  33. PAULO DUARTE
    17 nov. 1899 - 23 mar.1984

    Incorporado ao Cedae em agosto de 1984, o fundo documental Paulo Duarte abrange o período entre 1899 - 1986, sendo constituído por 37 metros lineares de documentação.

    O fundo é composto pela documentação acumulada pelo titular enquanto redator de "O Estado de São Paulo", diretor da revista "Anhembi" e fundador do museu de Pré-História da USP. Contém ainda inúmeros dossiês, que refletem a efervescência cultural e política do Brasil num período que vai do século XIX ao começo dos anos 1980. A documentação aborda várias áreas do conhecimento como bibliografia, história do Brasil, literatura portuguesa, francesa e italiana, etnografia e pré-história, sociologia, história natural e filologia.

  34. HILDA HILST
    21 abr. 1930 - 4 fev. 2004

    Adquirido pela Unicamp em duas compras distintas, sendo a primeira em 21 de setembro de 1995 e a segunda e, em setembro de 2003, a documentação que integra o fundo Hilda Hilst abrange o período entre 1916 - 2004, sendo constituída por 3.257 manuscritos/datiloscritos, 1.321 impressos, 246 fotografias, 150 desenhos, 3 pinturas, 4 cartazes, 10 cartões-postais e 1 objeto.

    O fundo é constituído de originais manuscritos e datiloscritos produzidos pela escritora Hilda Hilst ao longo de sua vida e também pela produção intelectual de terceiros. Destaca-se o material produzido pelo pai da escritora, Apolônio de Almeida Prado Hilst. Também compõem o acervo, cadernos de anotações e de estudos, correspondências, fotografias, agendas, desenhos, recortes de jornais e publicações referentes à vida pessoal da titular e às suas atividades como escritora. Os temas recorrentes no fundo estão ligados à literatura, religião, filosofia, política, poesia, teatro, prosa de ficção, crônicas e artes em geral.

  35. CARTÕES-POSTAIS JAPONESES
    .

    Doada ao CEDAE pelo Prof. Dr. Luiz Carlos da Silva Dantas em 21 nov. 1995, a coleção de cartões-postais japoneses é composta por 330 documentos e abrange o período entre 1880 - 1938.

    Os cartões-postais são, em sua maioria, fotografias em preto e branco ou ilustrações impressas, coloridas posteriormente à mão por meio de aquarela, combinando, assim, a técnica de reprodução mecânica e o trabalho artesanal; são também uma forma de correspondência escrita, ainda que reduzida a poucas frases ou fórmulas sucintas de saudação.

  36. BERNARDO ÉLIS
    15 nov. 1915 - 30 nov. 1996

    Comprado em 1996, os documentos que integram o fundo Bernardo Élis abrangem o período entre os anos de 1848 - 1998, sendo compostos de 1.600 manuscritos/datiloscritos, 1.526 impressos, 547 fotografias, 9 cartões-postais, 4 cartazes e 31 desenhos e 1 objeto.

    A documentação é resultante das atividades desempenhadas por Bernardo Élis ao longo de sua vida, sendo constituída por originais de livros, discursos, artigos e estudos do titular. O conjunto de correspondências é composto por cartas, bilhetes e telegramas trocados com familiares, escritores (Jorge Amado, João Cabral de Melo Neto, Aurélio Buarque de Holanda, Monteiro Lobato, Carlos Drummond de Andrade, João Guimarães Rosa, Cora Coralina, Antonio Houaiss...), editoras e políticos, sobre sua vida pessoal, temas ligados à literatura brasileira, ao regionalismo, dialeto caipira, história e geografia de Goiás.

  37. MICHEL LAHUD
    8 set. 1949 - 18 dez.1992

    Adquirido em março de 1997, o fundo documental Michel Lahud abrange o período entre 1908 - 1997, sendo constituído por aproximadamente 4 metros lineares de documentação.

    A documentação é resultante das atividades desempenhadas por Michel Lahud ao longo da sua vida, especialmente de suas atividades profissionais como docente e pesquisador na Unicamp. Destacam-se, dentre outros, os originais de textos, livros, periódicos, teses, dissertações, relatórios de projetos e fotografias.

  38. AÍDA COSTA
    9 mar. 1911 - 12 set. 1996

    A documentação que integra o fundo de Aída Costa foi doada em 1998, possui 1,30 metros lineares e abarca o período entre 1920 - 1995.

    O fundo é composto por publicações didáticas de ensino de português e latim, cadernetas, agendas e materiais referentes a atividade de docência da titular do fundo, assim como anotações de aulas, fichamentos de livros, bibliografias e programas de cursos, textos didáticos, relatórios de estágio, apostilas e métodos de ensino de línguas, recortes de jornais e outros.

  39. ASSOC. NAC. DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM LETRAS E LINGUÍSTICA
    .

    Doada ao CEDAE em 1998, a documentação que integra o fundo da ANPOLL abrange o período entre 1984 - 1998, sendo composta por 4 metros lineares de documentos textuais, 102 fotografias, 3 cartões-postais e 15 cartazes.

    O fundo é constituído principalmente por documentação administrativa das seis primeiras gestões da ANPOLL, abrangendo tanto a correspondência emitida, quanto a recebida pelos membros da Diretoria Executiva (Presidência, Secretaria e Tesouraria) e pelo Conselho Consultivo e Deliberativo de cada Biênio, assim como, a correspondência trocada entre pessoas e/ou instituições não diretamente ligadas à ANPOLL. Ainda integra o material, a documentação administrativa e financeira produzida nos Encontros Nacionais e Regionais da Associação, a documentação dos Programas e Cursos de Pós-Graduação em Letras e Linguística, assim como, os documentos sobre a criação de GTs, entre outras. Há também documentação referente aos associados, composta por cartas, fichas, currículos, relatórios científicos e artigos apresentados em reuniões da Associação, além de um conjunto de publicações da ANPOLL e de associações congêneres.

  40. GENÉSIO FERNANDES
    25 ago. 1946 -

    Os documentos que integram a coleção Genésio Fernandes foram doados ao CEDAE em 1998. Trata-se de 94 pinturas que representam paisagens, cenas de casarios de comunidades marginalizadas e figuras humanas, realizadas entre os anos de 1970 e 1997.

  41. NÈSTOR PERLHONGER
    24 dez. 1949 - 26 nov. 1992

    Doada ao Cedae em duas remessas, sendo a primeira em 1999 e a segunda em 2010, a documentação que integra o fundo Néstor Perlongher abrange o período entre 1945 e 1998, sendo constituída por 947 documentos manuscritos/datiloscritos e 108 impressos.

    A documentação abarca a produção intelectual do titular e de terceiros, bem como a correspondência, cadernetas de anotações e impressos referentes às atividades do titular como escritor, professor e à sua vida privada. Inclui ainda documentos sobre sua atividade como militante no Movimento Homossexual.

  42. COELHO NETO
    21 fev. 1864 - 28 nov. 1934

    Doada ao CEDAE em 1999, a documentação que integra o fundo Coelho Neto abrange o período entre 1901 - 1999, sendo constituída por 20 manuscritos/datiloscritos e 4 impressos.

    A documentação deste fundo é composta pela correspondência trocada entre o titular e Castro Mendes, Euclides da Cunha, Julião Machado e Leopoldo [?]. Consta também uma breve coletânea de poemas de Adelino Fontoura, reunidos e apresentados por Coelho Neto, a cópia da ata dos trabalhos do concurso para preenchimento de duas cadeiras do "Gymnasio do Estado em Campinas" e artigos de jornais sobre Coelho Neto e sua obra.

  43. BIBLIOTECA LOBATIANA
    .

    Doada ao CEDAE em 1999, a documentação que compõe a coleção Biblioteca Lobatiana é formada por 347 impressos compreendidos no período entre os anos de 1918 e 1983.

    A aquisição do conjunto de livros, folhetos e periódicos de e sobre Monteiro Lobato foi realizada pela então doutorando do IEL, Cilza Carla Bignotto, com o apoio da FAPESP, sendo em seguida doada ao CEDAE.

  44. PROJETO GRAMÁTICA DO PORTUGUÊS FALADO
    .

    O material gerado pelo Projeto Gramática do Português Falado foi reunido pelo Prof. Dr. Ataliba T. de Castilho e doado ao Cedae em fevereiro de 2000.

    Composto por 9 metros lineares de documentação, os livros, periódicos, recortes, folhetos, manuscritos/datiloscritos, cartas, fotografias, cartões, mapas, artigos acadêmicos e relatórios abrangem o período entre 1987 e 1999, e foram gerados a partir dos seminários e dos grupos de trabalho organizados pelo projeto sobre fonética e fonologia, morfologia, sintaxe, sociolinguística, psicolinguística, ensino do português no Brasil e aquisição da linguagem, entre outros assuntos relacionados à linguística.

  45. MONTEIRO LOBATO
    18 abr. 1822 - 04 jul. 1948

    Doada ao CEDAE em julho de 2000, a documentação que integra o fundo Monteiro Lobato abrange o período entre 1822 - 1948, sendo constituída por 600 manuscritos/datiloscritos, 468 impressos, 600 fotografias, 165 desenhos e aquarelas e 7 objetos.

    Os documentos do fundo se referem à vida pessoal e profissional de José Bento Monteiro Lobato como escritor, editor, adido comercial, desenhista e empreendedor. O material inclui documentos pessoais, correspondência com amigos, escritores, editores etc., além daquela trocada com Maria Pureza Natividade durante o período de namoro. O arquivo também conta com livros, manuscritos e datiloscritos de contos, crônicas e traduções, além de desenhos, aquarelas e fotografias de sua autoria.

  46. CARLOS FRANCHI
    15 ago. 1932 - 25 ago. 2001

    Doada ao CEDAE em 2001, a documentação que integra o fundo da Carlos Franchi abrange o período entre 1993 - 1999, sendo constituída por 216 textos em formato eletrônico.

    A documentação é composta por documentos administrativos, curriculum vitae do titular, projetos de pesquisa, relatórios, pareceres sobre os Parâmetros Curriculares Nacionais, textos em homenagem a Antonio Candido e a Michel Lahud, além de versões de artigos científicos, anotações, resumos de livros, bibliografias, materiais de cursos, tais como roteiros, exemplos, exercícios, provas, e por uma coleção de ocorrências retiradas de dados do projeto de pesquisa da Norma Linguística Urbana Culta do Brasil - NURC e de transcrições de inquéritos deste projeto.

  47. CHARLEY WARREN FRANKIE
    4 mar. 1894 - 2 fev. 1968

    A filha de Charley Warren Frankie, Sra. Laís Frankie Stolf, doou o fundo de seu pai ao CEDAE em 2005. Composto por 171 manuscritos/datiloscritos, 2 impressos, 54 fotografias e 1 mapa, o período abrangido por estes documentos compreende o período entre 1932 e 1968.

    A documentação é resultante das atividades desempenhadas por Charley Warren Frankie ao longo de sua vida, sendo constituída, sobretudo por correspondência trocada entre o titular e Monteiro Lobato, além de outras pessoas envolvidas com as questões relativas à exploração do petróleo brasileiro. Constam também cartas enviadas à filha Laís, documentos pessoais, um mapa geológico de Corumbá feito pelo titular, artigos de sua autoria e um conjunto de fotos do titular, de familiares e dos trabalhos realizados durante seu período na 4ª subsede da Comissão Brasileira Demarcadora de Limites - CBDL.

  48. OFICINA DO LIVRO "RUBENS BORBA DE MORAES"
    .

    Incorporada ao Cedae em 2008, a coleção Oficina do Livro abrange o período entre 1902 - 2008, sendo constituída por aproximadamente 12 metros lineares de documentação.

    A coleção é formada por documentação variada, a maioria voltada para a cultura brasileira, colecionadas pela entidade doadora que tinha como uma de suas atividades, formar e manter biblioteca e acervo documental visando a recuperação e conservação da memória cultural brasileira, com ênfase na palavra escrita. Destacam-se a documentação privada de várias pessoas físicas e famílias, tais como: Ruy Affonso, Manuel Bandeira, Francisco Escobar, Francisco Solano, Samson Flexor , Edgard de Cerqueira Falcão e Antônio Alcântara Machado.

  49. RONALD DE CARVALHO
    16 maio 1893 - 15 fev. 1935

    Adquirida em 23 de abril de 2009, a documentação que integra o fundo documental Ronald de Carvalho, abrange o período entre 1857 - 1968, sendo constituída por 390 manuscritos/datiloscritos e 1345 impressos.

    A documentação expressa a produção intelectual do titular, abrangendo sua produção literária (poemas e ensaios críticos) e política (ensaios).Destacam-se também, os documentos que testemunham as atividades do titular junto ao Ministério das Relações Exteriores, ao Governo Provisório (1934) e à Presidência da República, e um conjunto de correspondência recebidas e enviadas, sendo algumas de terceiros. Inclui ainda, um conjunto de recortes de jornais sobre o acidente sofrido pelo titular, o período de internação e o de sua morte, além de artigos do titular e de terceiros, sobre literatura e sobre política.

  50. ALOYSIO BIONDI
    8 jul. 1936 - 11 jul. 2001

    A doação do fundo documental de Aloysio Biondi ao CEDAE fez parte de um projeto mais amplo conduzido por seus familiares, amigos e ex-alunos, intitulado "O Brasil de Aloysio Biondi". O projeto compreendeu também a elaboração de uma biografia do jornalista e a criação de um site, com o objetivo de preservar a sua memória, prestar uma homenagem e oferecer uma fonte de discussão e informação para estudantes, jornalistas, economistas e pesquisadores em geral.

    A documentação que integra fundo Aloysio Biondi abrange o período entre 1934 - 2001 e é constituída por 60.000 recortes de jornais, 3.000 livros, 3.000 revistas, 5.000 artigos, 30.000 páginas de datiloscritos/manuscritos e 60 discos de vinil.

    Reunida ao longo dos 44 anos de atividades do titular em diversos órgãos de imprensa, a documentação compreende correspondência, livros, revistas, recortes de jornais, relatórios, censos e outras fontes de pesquisa e informação utilizadas pelo jornalista. Inclui ainda, cartas de leitores, originais datiloscritos de artigos e de parte do livro "O Brasil Privatizado I", além de material referente à sua atividade como professor e à sua vida privada, como fotografias, agendas, documentos pessoais e de propriedade entre outros.

  51. RADHA ABRAMO
    4 dez. 1928 - 24 jul. 2013

    Adquirido em junho de 2011, o fundo documental de Rhada Abramo, abrange o período entre 1906 - 2011, sendo constituído por aproximadamente 24 metros lineares de documentação.

    A documentação é composta por um conjunto de livros, revistas, catálogos, folders e recortes de jornais com artigos de autoria da titular do fundo e de terceiros; constam também versões manuscritas destes artigos, correspondências enviadas e recebidas, relatórios, atas, estatutos, projetos, convites, currículos da titular e de terceiros, fotografias, fitas de vídeo e cassete, slides e trabalhos artísticos de terceiros.

  52. MODESTO CARONE
    9 fev. 1937 -

    Doada pelo titular ao Cedae em 21 de junho de 2012, a documentação que integra o fundo Modesto Carone abrange o período entre 1950 - 2009, sendo constituída por aproximadamente 500 manuscritos/datiloscritos, 600 impressos e 6 documentos iconográficos.

    A documentação é composta majoritariamente por originais da produção literária e das traduções realizadas pelo titular, assim como exemplares editados desses trabalhos. Destacam-se também artigos publicados em jornais e revistas especializadas e uma breve documentação que gira em torno da história de Sorocaba, cidade do interior do estado de São Paulo onde o titular nasceu.

  53. GUILHERME DE ALMEIDA
    24 jul. 1890 - 11 jul. 1969

    Com 8 metros lineares de documentação e abrangendo o período entre 1910 - 1978,, o fundo Guilherme de Almeida é composto por manuscritos de livros, discursos, letras de hinos, traduções e trabalhos na área da heráldica. Além de folhas de anotações, documentos pessoais, agendas, correspondência, partituras, fotografias, desenhos, plantas, recortes de jornais e revistas.

    Adquirido em 2013, sua compra foi intermediada por docentes do Departamento de Teoria Literária do IEL.

  54. HAQUIRA OSAKABE
    1 jul. 1939 - 13 maio 2008

    Doada ao CEDAE em 2013, a documentação que compõe o fundo Haquira Osakabe abrange o período compreendido pelos os anos de 1910 - 2010, sendo constituída por farto material bibliográfico sobre a cultura portuguesa; estudos medievais; estudos sobre as relações entre religião e literatura, com ênfase na espiritualidade cristã, principalmente o romance católico e certa tradição da poesia mística.

    Merece destaque a bibliografia sobre esoterismo e sua presença na obra de Fernando Pessoa, entre obras e estudos sobre literatura portuguesa; literatura brasileira (romance e poesia; crítica e historiografia), literatura e cultura japonesa e literatura ocidental (obras traduzidas e originais). Faz parte também do acervo um conjunto de documentos pessoais, fotografias, correspondência (enviadas e recebidas), projetos de pesquisas, relatórios, manuscritos, textos publicados em revistas, vídeos e fita cassetes.

  55. RODOLFO ILARI
    25 out. 1943 -

    Composto por aproximadamente dois metros lineares de documentação, o fundo Rodolfo Ilari foi incorporado ao Cedae em novembro de 2013 e abrange o período entre 1970 - 2013.

    A documentação é resultante das atividades desenvolvidas por Rodolfo Ilari, especialmente de suas atividades como docente do Departamento de Linguística do Instituto de Estudos da Linguagem na Unicamp. Composto por manuscritos do titular, em sua maioria, resenhas e artigos acadêmicos; por revistas especializadas e livros; material de cursos; pareceres diversos; textos de terceiros; cartas recebidas e enviadas, além de manuais, cadernos, provas e relatórios relacionados a vestibulares.

  56. CYRO PIMENTEL
    22 out. 1926 - 7 fev. 2008

    Doada ao CEDAE em 2013, a documentação que integra o fundo Cyro Pimentel abrange o período entre 1930 - 2007 e possui 6 metros lineares.

    Os documentos que compõem o fundo registram a atuação do titular como escritor, crítico e membro da Academia Paulista de Letras - APL. Entre eles destacam-se os originais de poemas e críticas de livros feitas pelo titular e um conjunto de correspondência com escritores e intelectuais brasileiros e estrangeiros. O fundo contém ainda documentos do Clube de Poesia e da APL e intervenções do titular na Academia. Há, também, livros de Cyro Pimentel, coletâneas com sua participação e material onde ele é mencionado; uma grande quantidade de recortes de jornais das décadas de 40 a 90 (críticas sobre a obra do titular, sobre a Geração de 45 e sobre literatura brasileira), revistas e fotografias.

  57. BRUNO TOLENTINO
    12 nov. 1940 - 27 jun. 2007

    Os documentos que compõem o fundo Bruno Tolentino foram doados ao CEDAE pelo Instituto de Formação e Educação em 2013. Com 8 metros lineares, a documentação abrange o período compreendido entre os anos de 1885 e 2007 e registra, sobretudo a atuação do titular como escritor, professor e intelectual.

    Consta do fundo uma grande quantidade de manuscritos, principalmente de originais de poemas e textos em prosa, alguns deles possivelmente inéditos. E, ainda, livros, recortes de jornais, revistas, correspondência, fotografias, fitas cassetes, CDs e documentos em formatos eletrônicos (textos, áudio e imagens).

  58. JOGO DE IDÉIAS
    .

    Doada pelo Instituto Itaú Cultural em fevereiro de 2015, a coleção Jogo de Ideias é composta por 226 programas de televisão e abrange o período entre 2003 e 2012.

    O Jogo de Ideias é um programa produzido pelo Itaú Cultural e tem como principal personagem a cultura brasileira e suas diversas manifestações artísticas, educacionais e sociais. Criado em agosto de 2003, o programa é transmitido a todo o Brasil por várias emissoras de TV universitária, comunitária, educativa e cultural.

Copyright © 2013-2021 - CEDAE - Todos os Direitos Reservados.