Ops, detectamos que seu navegador está com o Javascript desabilitado!
Informamos que nosso website possui recursos que utilizam a tecnologia javascript para que você tenha uma ótima experiência e navegação.

Por favor, ative seu javascript antes de continuar sua navegação.

Mapa do Site

CEDAE Alexandre Eulalio

Fundo

JOO LUIZ MACHADO LAFET

rea de identificao
Cdigo de Referncia BR UNICAMP IEL/CEDAE JLL
Ttulo Joo Luiz Machado Lafet
Data Dcada de 60 a meados da dcada de 90 do sculo XX.
Nvel de Descrio Fundo
Dimenso e Suporte 20 metros lineares (aproximadamente).
rea de contextualizao
Nome do Produtor LAFET, Joo Luiz Machado
Histria Administrativa/Biografia

Joo Luiz Machado Lafet nasceu em Montes Claros, norte de Minas Gerais, em 12 de maro de 1946, filho de Jos Carlos Lafet e Maria da Conceio Machado Lafet.

Concluiu os estudos primrio e secundrio em Montes Claros e Belo Horizonte e, em 1965, mudou-se para Braslia, onde se graduou em Letras Brasileiras pela Universidade de Braslia trs anos mais tarde.

Aps breve passagem pelo jornalismo (na sucursal de Braslia do Dirio de So Paulo), foi monitor do curso Oficina Literria, ministrado pelo escritor Cyro dos Anjos na UnB entre 1967 e 1968. Lecionou na USP como instrutor voluntrio, sem vnculo empregatcio e sem remunerao, junto disciplina Introduo aos Estudos Literrios (1971 a 1973). Escreveu, entre 1975 e 1977, diversos artigos para o jornal Movimento, um dos rgos alternativos de resistncia ditadura militar.

Ingressou na ps-graduao em Teoria Literria e Literatura Comparada na USP, em 1969, onde foi aluno dos professores Antonio Candido, Paulo Emlio Salles Gomes, Ruy Coelho e Gilda de Mello e Souza, entre outros. Sob a orientao de Antonio Candido, concluiu o mestrado em 1973 com dissertao sobre a crtica e o Modernismo. Esse trabalho foi publicado no ano seguinte com o ttulo 1930: a crtica e o Modernismo, pela editora Duas Cidades. Obteve o ttulo de doutor em 1980, com tese sobre a lrica de Mrio de Andrade, que foi publicada pela Martins Fontes sob o ttulo "Figurao da intimidade: imagens da poesia de Mrio de Andrade", em 1986.

Convidado pelo professor Antonio Candido para integrar a equipe inicial de Teoria Literria do IEL/Unicamp em 1975, o professor Lafet foi um dos responsveis pela concepo dos currculos de Literatura Brasileira, Literatura Portuguesa e Teoria Literria do curso de Letras na Unicamp. Foi professor de Teoria Literria na Unicamp (1975 a 1979) e professor de Teoria Literria e Literatura Comparada na USP (1978 a 1996). Foi tambm professor visitante de Literatura Brasileira no Lateinamerika, Instituto da Universidade Livre de Berlim (1990 a 1991).

Em 1996, Lafet termina o ensaio O Modernismo: 70 anos depois.

Faleceu em So Paulo no dia 19 de janeiro de 1996.

Histria Arquivstica

Aps o falecimento de Joo Luiz Lafet, seus livros e documentos foram reunidos por sua me, Maria da Conceio Machado Lafet, que os levou para Montes Claros e deles cuidou at a sua morte em 2014.

Em meados de 2016, o CEDAE recebeu uma carta de inteno de doao dos documentos e livros que pertenceram ao professor Joo Luiz Lafet, encaminhada por seus herdeiros.

Seguindo os trmites da universidade, foi designada uma comisso de especialistas para a avaliao de mrito e de importncia do acervo documental: composta pelos professores doutores Antonio Alcir Bernrdez Pcora, Francisco Foot Hardman e Jefferson Cano, todos do Instituto de Estudos da Linguagem da UNICAMP. Sob a presidncia do primeiro, a comisso constatou o elevado valor histrico-cultural do conjunto de documentos e concluiu pelo aceite do mesmo.

Procedncia A doao, intermediada pelo Prof. Dr. Antonio Arnoni Prado, foi realizada pelos herdeiros do professor Lafet em abril de 2017.
rea de contedo e estrutura
mbito e Contedo O fundo composto por documentos produzidos pelo titular no exerccio de suas atividades, sobretudo como professor e crtico literrio.

Dentre os documentos que se referem atuao de Joo Luiz Lafet na Unicamp e na USP, verificam-se ementas de cursos, planos de aulas, bibliografias, listas de presena, dissertaes, teses, arguies etc. Sobressai neste conjunto a documentao que atesta sua participao na criao do Instituto de Estudos da Linguagem, em especial do Departamento de Teoria Literria.

A documentao relacionada s demais atividades de Lafet inclui os diversos estudos sobre literatura brasileira, entre os quais se destacam aqueles sobre a obra crtica e potica de Mrio de Andrade, os ensaios sobre a poesia de Ferreira Gullar, sobre os romances de Graciliano Ramos e sobre os contos de Rubem Fonseca e Autran Dourado, alm de Carlos Drummond de Andrade e Cyro dos Anjos. Observa-se, ainda, o dilogo mantido ao longo de anos no s com Antonio Candido, orientador de seu mestrado e doutorado, mas com Alfredo Bosi, Jos Miguel Wisnik, Ligia Chiappini, Roberto Schwarz, Modesto Carone, Antonio Arnoni Prado, Davi Arrigucci Jr., Alcides Villaa e que se encontra registrado em cartas, em verses de artigos acadmicos, em cpias de textos compartilhados, dentre outros.

Os documentos relacionados sua vida pessoal se limitam ao registro de algumas poucas fotografias, discos e documentos identitrios.

A biblioteca do titular composta por cerca de 2600 volumes onde se observa uma concentrao de ttulos relacionados aos aspectos da literatura que abordou em seus estudos e s reas que se dedicou, como literatura brasileira, crtica, histria, sociologia, poltica, religio, filosofia, esttica, cinema, psicanlise, lingustica e artes. Grande parte dos volumes possui marginlia e grifos de Lafet.

Sistema de Arranjo No organizado.
rea de condies de acesso e uso
Condies de Acesso Consulta livre.
Condies Reproduo Consulte as normas gerais de reproduo de documentos do CEDAE.
Idioma do Material Portugus.
Instrumento de Pesquisa Listagem do fundo.
rea de fontes relacionadas
Copyright © 2013-2021 - CEDAE - Todos os Direitos Reservados.